IPBike: 59 pessoas já se renderam à bicicleta eléctrica

O projecto tem 100 bicicletas eléctricas ao dispor da comunidade académica do Instituto Politécnico de Bragança
4675 quilómetros percorridos, 105 mil 188 calorias e uma poupança de mais 38 mil quilogramas CO2 equivalente, são estes os resultados dos primeiros três meses do projecto IPBike. Com 100 bicicletas disponíveis no Instituto Politécnico de Bragança, o projecto, promovido pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes, insere-se numa iniciativa a nível nacional, o programa U-Bike Portugal. Para usufruir de uma IPBike, os utilizadores pagam uma caução de 40 euros e têm ainda um custo mensal de 10 euros associado à manutenção do equipamento. Neste momento, a instituição está a fazer um desconto de 50% para os novos aderentes ao projecto. Desde o começo do projecto,
entre o campus do IPB e o Brigantia Ecopark, já foram colocados 33 novos postos para amarração de bicicletas e estão previstos mais nove, tanto em Bragança como Mirandela. Por parte da instituição confirma-se que há cada vez mais pessoas interessadas no uso das bicicletas e que no campus se têm visto cada vez mais gente a pedalar. O IPBike foi apresentado publicamente em Dezembro de 2017 e o IPB foi a primeira das 15 instituições inicialmente envolvidas no projecto a dar vida à ideia. Num investimento global de seis milhões de euros, foram entregues um total de duas mil
elétricas e mil convencionais a estas instituições académicas. Com o compromisso de deixarem o veículo motorizado em casa, tanto estudantes como funcionários e colaboradores do IPB podem alugar uma IPBike, por um período de seis meses a um ano.

Publicado por: “Jornal Nordeste”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

five × 4 =