Alunos Brasileiros ganham prémio nos EUA representando o IPB

Original do Rio de Janeiro – BR, Higor Cerqueira é aluno do IFRJ em Mobilidade académica no curso de Animação e Produção Artística no IPB.
Durante o primeiro semestre de 2016, Higor conheceu Guilherme Damasceno, Marylia Fonseca e Emanoella Rodrigues, ambos alunos brasileiros em mobilidade no Instituto Politécnico de Bragança e juntos descobriram um concurso que aconteceria na conferência BRAZusc, o maior encontro universitário de brasileiros no exterior. O desafio consistia em criar um projeto inovador quanto a preservação da água no semi-árido brasileiro.
Higor e seus amigos criaram o projeto intitulado de PALMAS PRA VIDA (https://www.youtube.com/watch?v=eZKsANJQ9pc) que baseado no tripé da sustentabilidade (triple bottom line), propõe um ciclo de atividade nas escolas municipais de Major Izidoro (AL): através do reutilização das águas cinzas tratadas por um filtro biológico, serão direcionadas para a plantação de Palma Forrageira que após o cultivo, serão destinadas para alimentação do gado leiteiro, tendo em vista que a cidade tem destaque na bacia leiteira do estado de Alagoas (BR), porém enfrenta problemas em manter o gado devido aos Grandes períodos de seca.
O projeto foi finalista no desafio e representando os alunos internacionais do IPB, foi convidado para participar da conferência BRAZusc que aconteceu na Universidade da Pensilvânia, Filadélfia – EUA. O grupo concorreu com mais 2 outros projetos (originários da Duke University) e foi destaque recebendo o primeiro lugar do concurso. O prémio inclui um valor de 10 mil dólares a serem aplicados na execução do projeto. Além disso, o grupo receberá uma consultoria especializada tanto para a execução do projeto quanto para mentoria profissional de carreira.
“É com muito orgulho que junto dos meus amigos, recebemos essa premiação e particularmente tenho muita felicidade em colaborar com o reconhecimento internacional do ensino brasileiro e português que juntos, tem somado forças nas parcerias constituídas”, – diz Higor Cerqueira que além de levar o prémio ao Brasil e o reconhecimento ao Instituto Politécnico de Bragança, comemora também 2 publicações académicas em eventos internacionais incluindo a revista científica AdoleCiência, iniciativa da escola Superior de Educação do IPB.

Publicado em:“Diário de Trás-os-Montes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

five × 2 =