IPB cria mascote para sensibilizar a população para a doença de Alzheimer

A pedido da Associação Alzheimer Portugal – Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer e em parceria com o GAM, Gabinete de Alzheimer de Mirandela, um conjunto de alunos da licenciatura Design de Jogos Digitais da ESACT concretizou um projeto de criação de uma mascote para sensibilizar a população para uma das doenças mais incapacitantes que afetam milhares de pessoas em todo o mundo. O processo foi longo e resultou numa forma inesperada que combinou um elefante (associado a uma longa memória) e u peixe (associado a uma memória curta). O Peixe-Elefante mereceu uma menção honrosa da Associação Alzheimer Portugal e já beneficiou de um fundo atribuído pela Ordem dos Enfermeiros para que durante o ano de 2019, grande parte das escolas do distrito de Bragança recebam a visita desta mascote e que os mais novos percebam o que é esta doença. Na segunda-feira, em Mirandela, decorreu a assinatura do protocolo entre o IPB e a Associação Alzheimer Portugal que previa a cedência de direitos de utilização da imagem do Peixe-Elefante. O Centro Cultural encheu-se de crianças do 1.º ciclo e pré-escolar e alunos da Universidade Sénior de Mirandela, responsáveis pela composição do hino da iniciativa. No final o IPB, a Câmara Municipal de Mirandela e outras entidades, receberam o diploma de Instituições Amigas da Pessoa com Demência.

Publicado por: Mensageiro de Bragança